Diabetes

Diabetes e Bem Estar – Associação Possível

Diabetes e bem estar

 

A Diabetes tem sido o sofrimento de muita gente. Mas hoje já existem muitas formas de driblar seus efeitos e viver normalmente. São muitas as possibilidades que se apresentam de forma que já podem caminhar juntos, o Diabetes e bem estar. Neste post, aproveite para ler sobre uma estratégia genial para incluir na alimentação dos diabéticos – A contagem dos carboidratos.

 

“Naquele momento me esqueci de todo o resto, me deixei invadir por uma dolorosa angústia. Eu sabia que algo tinha que ser feito, mas eu não podia imaginar o quê. Uma frase apenas ressoava em meu cérebro e atormentava meu coração – “Ele tem Diabetes!” – É de meu filho que falavam. Ele tem Diabetestipo 1– O que isto significa? Para mim significa temor e desesperança…”

 

Este é um relato de uma mãe. Uma mãe que descobre que seu filho é vítima da Diabetes tipo 1. Mas não há confiança em suas palavras, não há esperanças. Ela encara como se fosse o fim. Infelizmente ela não está sozinha nesta situação, nem é somente dela esta opinião.

A Diabetes, doença que acomete atualmente 12 milhões de brasileiros, conforme informações da SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes), é tida por muitos como uma doença sem esperanças, sem cura e sem volta.

Muitos que hoje sofrem com esta patologia, sofrem muito mais pela falta de informação. Sofrem pela falta de apoio. Ignoram os muitos meios de conviver com a Diabetes e bem estar mantendo qualidade de vida.

A diabetes – É doença caraterizada pela insuficiência ou mal funcionamento da insulina, que leva à hiperglicemia. Se manifesta mais comumente como Diabetes tipo 1 – Diabetes tipo 2 e Diabetes gestacional.

Diabetes e Bem Estar – A Diabetes tipo 1

Diabetes e bem estar

É a mais temível, pois afeta crianças, adolescentes e jovens, interrompendo bruscamente seus projetos pessoais e dando nova direção à suas vidas.

Nesta doença as células pancreáticas que produzem a insulina são destruídas pelo sistema imune.

Neste caso, a glicose que chega ao sangue não é levada às células. Ela se acumula no sangue, causandohiperglicemia e deixando de fornecer energia para o corpo. Esta patologia pode trazer consequências graves.

Diabetes e Bem Estar  – A Diabetes tipo 2

Afeta geralmente pessoas com mais de 40 anos de idade. Nela a insulina é produzida, porém sua atuação é ineficiente. A Diabetes tipo2 está associada à obesidade e ao sedentarismo. Para estas pessoas, afetadas por este tipo de Diabetes um emagrecimento saudável indica um passo a mais em direção à saúde.

 

Diabetes?  Não desanime.  – Dá para encarar!

Mas existem formas de driblar a Diabetes e seus efeitos. Com apoio médico, orientação profissional, informações reais, com disciplina e vontade viver, – Dá para encarar.

É por isto que estamos aqui! Para ajudar com informações reais. Nós sabemos que você vai precisar conhecer muito sobre Diabetes. Então não perca tempo. Embarque conosco neste artigo e aprenda mais sobre o Diabetes e  bem estar.

Diabetes e Bem Estar

Algumas atitudes são necessárias para alcançar o bem-estar e melhor qualidade de vida mesmo com Diabetes. É possível um controle eficiente da glicemia através da adoção de alimentação adequada e a prática de atividades. Hábitos saudáveis podem trazer muitos benefícios.

A Alimentação na Diabetes

Diabetes e bem estar

 

Muitos pensam que para controlar o Diabetes basta excluir os doces e açúcar, e os carboidratos mas não é bem assim. Atualmente já existem diversas estratégias que possibilitam ao diabético uma alimentação diversificada sem excluir nutrientes.

 Uma boa notícia fica por conta da novidade em torno dos carboidratos que podem agora ser consumidos sem perigo de causar hiperglicemia. Trata-se de uma estratégia chamada de Contagem de Carboidratos.

Diabetes e Bem Estar – Os Carboidratos 

A contagem de Carboidratos é uma estratégia nutricional que leva em conta os gramas de carboidrato que são ingeridos de forma a evitar a hiperglicemia.

Sabemos que alguns carboidratos possuem alto índice glicêmico e por isto são responsáveis por elevar os níveis de açúcar, quando ingeridos. Com a contagem de carboidratos isto não acontece.

Para iniciar a contagem de carboidratos é preciso algumas condições:

  • É preciso acompanhamento de nutricionista e endocrinologista que conheçam o método.
  • É preciso anotar os alimentos que são ingeridos.
  • Medir a glicemia várias vezes

Mais algumas coisas precisam de atenção:

  • A contagem de carboidratos não significa que você pode comer todo tipo de carboidrato a toda hora. E também não possibilita o consumo de massas e doces sem que isto traga consequências. .
  • Além da contagem de carboidrato é preciso manter uma dieta rica em nutrientes, privilegiando todos os nutrientes
  • O objetivo desta medida é balancear a alimentação do diabético para a manutenção dos níveis de glicose.
  • A quantidade de carboidratos a ser consumida não é igual para todos. Depende de cada pessoa e de suas características físicas e estilo de vida.
  • O nutricionista é a pessoa mais certa para indicar a quantidade de carboidratos ideal a cada um. Não faça nada sem consultá-lo.

Um exemplo de contagem de carboidratos:

AlimentosQuantidade de carboidratos
2 fatias de pão de forma24g de carboidrato
1 col. (chá) de margarina light0 carboidrato
1 copo de iogurte light 15g de carboidrato
1 banana pequena:15g de carboidrato
Total: 54g de carboidrato

A contribuição do exercício físico para o bem-estar e emagrecimento saudável no Diabetes.

Atualmente sabemos que um dos motivos do Diabetes tipo 2 é o sedentarismo e a obesidade. Por isto a importância de poder manter um peso magro que contribua para o controle da taxa glicêmica.

A prática de atividades físicas regulares é essencial na relação diabetes e bem-estar do diabético. Melhora a qualidade de vida, ajuda no emagrecimento afastando o perigo da obesidade e da hipertensão, que podem complicar os casos de Diabetes.

Para controlar a Diabetes – Mexa-se

 

Diabetes e bem estar

1-Mexa-se é a primeira dica para controle do Diabetes, para o emagrecimento e para ajudar no controle glicêmico.

2- Aproveite o cotidiano e as tarefas do dia a dia para exercitar-se: subir escadas; caminhar, pedalar, dançar. São atividades que podem colaborar com a baixa do açúcar no sangue.

3- Uma dica importante é: procure seu médico para saber quais atividades físicas você pode fazer. O diabético precisa estar atento, pois em caso de hipoglicemia a atividade física não é recomendada e precisa ser interrompida imediatamente. Além disso, o diabético que tem mais de 40 anos deve consultar também o cardiologista.

4- Exercícios previamente combinados com seu médico e feitos com regularidade garantem resultados muito bons no controle da glicemia e na manutenção do peso magro. Por isto adote uma rotina de exercícios físicos.

5-As atividades físicas podem ser realizadas de 3 a 4 vezes por semana por 40 a 60m.

6-Uma boa dica é a prática esportiva moderada: andar rápido, nadar, pedalar.

Se você é diabético, não desista antes de tentar. Saiba que os que tentaram venceram. Pois o Diabetes é uma patologia que a cada dia apresenta muitas possibilidades. Muitos estudos estão sendo realizados. A luta em busca de uma melhor qualidade de vida não para.

Leave a Comment