Saúde

Curcuma ou Açafrão-da-Terra – Incrivelmente Medicinal

curcuma

Uma das especiarias mais antigas e tradicionais da Índia é a curcuma, também conhecida como açafrão-da-terra. Possuindo uma cor amarelada muito marcante e um gosto único, essa raiz se destaca por trazer incríveis benefícios medicinais ao ser humano.

Ao utilizar a curcuma, é possível tirar proveito de excelentes ações antioxidantes e anti-inflamatórias, além de prevenir contra a velhice precoce e diversos tipos de doenças, como alguns tipos de câncer.

Além dessas vantagens para a saúde, a cúrcuma, por conta do sabor e coloração, é utilizada para a fabricação de temperos, como o curry, perfumes e vestimentas.

 

curcuma

Principais características da Curcuma

Sendo da mesma família do gengibre, a cúrcuma é uma planta indiana com uma coloração amarela muito forte. Possuindo folhas longas e com um cheiro marcante, sua altura não chega a ultrapassar os 200 cm de altura.

O caule é a parte mais importante do cúrcuma, pois é de onde se retira a pigmentação para comércio e as principais prioridades medicinais da planta.

O sabor para o consumo é amargo e um pouco apimentado. Além disso, a cúrcuma apresenta nutrientes como potássio, ferro e cálcio, junto com vitaminas C e B6 em sua composição.

Principais benefícios da utilização de Curcuma

Como falado inicialmente, a cúrcuma é uma raiz muito utilizada por conta das suas propriedades medicinais. É possível aproveitar diversos benefícios que ela pode oferecer para nossa saúde. Abaixo vamos listas os principais e mais interessantes vantagens de usá-la:

  • Ações antibacterianas, anti-inflamatórias, sem apresentar efeitos colaterais, e antioxidantes, protegendo às células
  • Prevenção contra alguns tipos de câncer e tumores, destruindo possíveis células cancerígenas
  • Alivia os principais sintomas da artrite
  • Equilibra o nível do colesterol
  • Auxilia no tratamento da diabetes tipo II
  • Ajuda na recuperação de pessoas que sofreram alguma alteração ou lesão cerebral
  • Diminui os principais sintomas do Parkinson e Alzheimer, além de reduzir o risco dessas doenças ocorreram no futuro
  • Previne contra ataques do coração
  • Melhora a qualidade da pele e olhos
  • Aumenta a proteção dos rins, fígado e intestino
  • Acelera o funcionamento do sistema digestivo
  • Acelera a cicatrização e regeneração de feridas ou machucados

Como utilizar corretamente a Curcuma

Existem duas formas mais comum para adquirir a curcuma: a raiz ou seco em pó. Ambas são bem fáceis de encaixar em receitas. A grande dica é ter cuidado na hora de fazer por conta do gosto marcante e forte.

Caso tenha comprado raiz de curcuma, você pode ralar em quase qualquer tipo de comida como temperos, principalmente saladas, carnes e pães. Além disso, se quiser toma-la, é possível cortar em rodelas e colocar em algum suco ou na própria água. Por fim, ainda é possível comer pura a raiz, fervendo por alguns minutos e, em seguida, fazendo a infusão.

Já o pó em extrato seco é necessário cuidado. Quando coloca-lo como tempero, existem grandes chances de engasgar comendo. Por isso, é mais interessante usar o pó em receitas de suco, pois irá diluir de forma mais segura e rápida.

Caso queira aumentar os benefícios e ações da raiz no organismo, é possível mistura-la junto com a pimenta do reino.

Não se deve exagerar no consumo de curcuma, apesar de ser saudável. Diariamente, não ultrapasse a ingestão de três rodelas ou uma colher de chá do pó.

 

Dica de Leitura:  Nozes – Oleaginosa Rica em Antioxidantes

Contraindicações e cuidados

Apesar de ser natural, apresentar qualquer nenhum efeito colateral e trazer diversos benefícios para a saúde, ainda existem algumas pessoas que não podem utilizar a cúrcuma. Vamos a eles:

  • Pessoas que sofrem ou já sofreram com úlceras gástricas, alergia ou hemorragias frequentes
  • Grávidas ou mães que estejam amamentando
  • Crianças

Aqueles que precisam fazer uso de medicamentos frequentes devem buscar informações com o médico antes de fazer u

Leave a Comment