maçã é um pseudofruto pomáceo da macieira, árvore da família Rosácea. É uma das frutas mais cultivados, e uma das mais conhecidas dos muitos membros do gênero Mallus que são usados pelos seres humanos. As maçãs crescem em pequenas árvores, de folha caducifólia que florescem na primavera e produzem fruto no outono.

A árvore é originária da Ásia Ocidental, onde o seu ancestral selvagem, Malus Sieversii, ainda é encontrado atualmente. As maçãs têm sido cultivadas há milhares de anos na Ásia e Europa, tendo sido trazidas para a América do Norte pelos colonizadores europeus.

As maçãs têm estado presentes na mitologia e religiões de muitas culturas, incluindo as tradições nórdicas, gregas e cristãs. Em 2010, o genoma da fruta foi descodificado, levando a uma nova compreensão no controle de doenças e na reprodução seletiva durante a produção da maçã.

Existem mais de 7.500 plantações de maçãs conhecidas, resultando numa gama de características desejadas.

A maçã sempre foi uma importante fonte alimentícia em regiões de clima frio. Provavelmente, a macieira é a árvore cultivada há mais tempo pelo homem. É a espécie de fruta, à exceção dos cítricos, que pode ser conservada durante mais tempo, conservando boa parte de seu valor nutritivo. As maçãs de inverno, colhidas no final do outono e guardadas em câmaras ou armazéns acima do ponto de congelamento, têm sido um alimento destacado durante milênios na Ásia e na Europa, e desde 1800, nos Estados Unidos.

O Brasil tornou-se um grande produtor de maçãs desde a metade dos anos 70, sendo os principais estados responsáveis por grande quantidade da produção: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná.

Benefícios da Maçã

 

maçã

 

Conhece o provérbio que diz: “uma maçã por dia mantem o médico afastado?” Não podia ser mais verdadeiro. As maçãs proporcionam uma série de benefícios para o corpo, ajudando-o a sentir-se mais saudável e a evitar doenças. Veja esta lista de 10 benefícios fantásticos que pode obter comendo uma das frutas mais acessíveis e deliciosas.

1.    Colesterol mais baixo

Ter os indicadores de colesterol altos pode causar problemas de saúde a longo prazo. Ao comer maças, você ingere nutrientes que podem reduzir os níveis do colesterol LDL, o mau colesterol e também o colesterol total. Um estudo revela que duas maças por dia potencializam a redução dos níveis de colesterol em 16%. Com tal redução, comer maçãs pode ser uma maneira fácil de baixar o colesterol.

  1. Melhor digestão

Para as pessoas com problemas de digestão, as maçãs se constituem uma maneira fácil de resolverem este problema. As maçãs contem fibra, o que ajuda a regular o sistema digestivo. Isto significa evacuações mais regulares, suaves, menos dor e desconforto da prisão de ventre. Com as melhorias na digestão, com o tempo, a maçã também previne certos distúrbios do estômago.

  1. Aumento de energia

Os açúcares naturais das maçãs fornecem um suplemento de energia natural. É por isso que as maçãs são uma ótima opção para ser usada em uma refeição matinal ou após a pratica de exercícios. Além de saborosa, a maçã vai te dar a energia que precisa sem ter de recorrer a cafeína ou bebidas energéticas.

  1. Tratamento de anemia

As maçãs contêm ferro, o que pode ser uma forma de tratar a anemia. O ferro aumenta os níveis de hemoglobina no organismo, que neutraliza os efeitos da anemia. É por isso que, se se sentir fraco ou prestes a desmaiar, comer uma maçã ajuda. Os açúcares naturais combinados com o teor de ferro dão-lhe o impulso que precisa para se sentir alerta novamente.

  1. Redução do risco câncer

As maçãs proporcionam benefícios que ajudam a reduzir determinados tipos de cancro. As fibras regulam o sistema digestivo, reduzindo o risco de câncer no colon. Além disso, estudos revelam a relação entre o consumo regular de maçãs e o reduzido risco de câncer da mama e do pulmão. De uma forma geral, as maçãs são eficazes na prevenção do câncer.

  1. Menor risco de doenças cardiovasculares

As maçãs, ricas em antioxidantes, são um dos frutos mais benéficos para a saúde cardiovascular. Ao consumirem maçãs, as pessoas evitam a oxidação das gorduras o que diminui o risco de uma longa lista de problemas cardíacos crônicos, incluindo doenças cardiovasculares. Uma vez que o risco de problemas de coração aumenta com a idade, nunca é tarde demais para começar a comer maçãs.

  1. Alivio para a asma

Se sofre de asma, beber suco de maçã ajuda-o a aliviar os sintomas. Estudos relatam que tomar uma dose diária de suco de maçã provoca a redução eficaz de muitos problemas respiratórios associados a asma. A justificativa científica deste benefício está nos nutrientes antioxidantes e anti- inflamatórios contidos nas maçãs. Para melhores resultados, você deve tomar suco natural de maçã. Mulheres grávidas podem também evitar a asma em seus filhos comendo bastante maçãs durante a gravidez.

  1. Melhor controle da diabetes

Pessoas que sofrem de diabetes podem sofrer sérios efeitos relacionados com a doença, incluindo a neuropatias, problemas de visão e doença renal. Comendo maçãs regularmente, poderá ajudar a evitar alguns destes riscos. As maçãs contêm pectina, que alivia a necessidade de insulina do organismo. Além disso, os poli fenóis das maçãs ajudam a regular o açúcar no sangue.

  1. Melhor visão

Os problemas oculares são muitas vezes difíceis de prevenir, contudo, as maçãs podem ajudar a aliviar alguns dos efeitos da má visão. As maçãs contêm uma quantidade considerável de vitamina A e vitamina C, que ajudam a atenuar a falta de visão noturna. Reforçam também os olhos, ajudando a prevenir o agravamento de problemas de visão.

  1. Prevenção de Alzheimer

Um dos benefícios mais incríveis das maçãs é a sua capacidade de prevenir a doença de Alzheimer. Embora ainda estejam em curso estudos sobre este assunto, vários já confirmaram a existência de um componente especial nas maçãs chamada quercetina que protege as células do cérebro dos danos dos radicais livres, a principal causa da doença de Alzheimer. Esta descoberta veio dar aos devoradores da fruta mais um argumento para venerarem a maçã.

Então da próxima vez que você for ao supermercado, lembre-se de escolher algumas das suas maçãs preferidas. Quer esteja realizando dieta, tentando comer de forma mais saudável, ou se está apenas vivendo a vida, as maçãs são um grande investimento com excelentes resultados.

 

Vitaminas da Maçã

De “fruta do pecado” a importante fonte nutritiva, rica em substâncias fundamentais para o perfeito funcionamento do organismo humano. Esta, é a definição da maçã, alimento muito comum no cardápio dos brasileiros e, de acordo com estudos, repleta de princípios nutritivos e vitaminas que estimulam e regulam o metabolismo. A maçã é importante fonte de vitaminas do complexo B (B1, B2 e B3) e sais minerais, como fósforo e ferro. “As vitaminas do Complexo B ajudam a regular o sistema nervoso e evitam problemas de pele, problemas no aparelho digestivo e queda dos cabelos. Já os minerais previnem o cansaço mental e contribuem diretamente para a formação dos ossos e dos dentes”. Veja a seguir o valor nutricional da maçã por 100g da fruta, e seus principais nutrientes:

 

 

 

Valor energético 55.5kcal = 233kj 3%
Carboidratos 15,2g 5%
Proteínas 0,3g 0%
Fibra alimentar 1,4g 6%
Fibras solúveis 0,0g
Cálcio 1,9mg 0%
Vitamina C 2,4mg 5%
Piridoxina B6 0,0mg 0%
Manganês 0,0mg 0%
Magnésio 2,0mg 1%
Fósforo 9,1mg 1%
Ferro 0,1mg 1%
Potássio 74,7mg
Cobre 0,1ug 0%

Propriedades da Maçã Verde

maçã verde é considerada uma das maravilhas alimentares, graças ao seu sabor e sua tabela nutricional rica em aminoácidos, cálcio, ferro, pectinas, quercetina, sorbitol, magnésio, nitrogênio, ácidos, açúcares, catequizas, fósforo, potássio, flavonóides e muitos outros componentes.

Graças à esta rica composição, a maçã verde é dotada de propriedades medicinais, tais como: anti-inflamatória (para o aparelho digestivo), antiácida, dependendo da dose pode ser antidiarreica. Pode servir também como atenuante da pressão sanguínea, ou ainda antitérmico. Os nutricionistas defendem uma dieta com maçã verde para os fumantes que precisam ou querem largar o fumo, e para pacientes com índices elevados de colesterol (duas maçãs, no mínimo por dia), já que a pectina ajuda a reduzir esses índices. E alguns estudos mais recentes e promissores demonstram um caminho contra o câncer, tudo com base na composição desta saborosa maçã. Todas essas propriedades apenas com base no uso interno.

Externamente, a maçã verde é indicada para aliviar câimbras e dores musculares. O sumo extraído desta maçã é submetido a processo químico onde passa a denominar-se vinagre de sidra, e é indicado para acabar com os fungos dos pés, do ouvido e para combater o odor das axilas.

Portanto, o consumo moderado de maçã verde é bom para o organismo, com tantos benefícios em um só fruto fica difícil resistir.

Vinagre de Maça Emagrece?

 

maçã

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, acompanhou 30 voluntários durante 30 dias. Metade do grupo tomava uma colher (sopa) de vinagre antes do almoço e outra antes do jantar. Adivinha só… Na turma do tempero, os voluntários emagreceram, em média, 2 quilos, sem mudar nada na alimentação.

Outro estudo recente, também dos Estados Unidos, descobriu que tomar duas colheres (sopa) de vinagre diluído em água antes das principais refeições ajudou a reduzir índices de gordura corporal, os níveis de triglicerídeos no sangue e até a circunferência abdominal.

 “O vinagre ajuda a regular os genes que controlam a eliminação de gordura pelo organismo, evitando que ela se acumule”. O ácido do vinagre também é reconhecido como antisséptico e antibiótico e já era usado pelos antigos no tratamento de ferimentos e inflamações.

 “Ele funciona como se fosse um adstringente e circula rapidamente por todo o corpo, fazendo uma verdadeira limpeza interna e facilitando o trabalho do fígado, que é o filtro do nosso organismo”. Quem se submete a essa faxina regularmente não só dá adeus às toxinas e aos líquidos como também passa a exibir pele e cabelo radiantes. Não menos importante é a ação do vinagre de maçã sobre a digestão. “Ele estimula a secreção de suco gástrico, facilitando a quebra dos alimentos e a absorção de seus nutrientes. Como consequência, o intestino também é beneficiado”. E até para controlar a pressão o vinagre é uma boa pedida. O vinagre acentua o sabor dos demais condimentos e permite que a quantidade de sal adicionada aos pratos seja reduzida. E com menos sódio na dieta, o inchaço também diminui.

Segundo os especialistas, duas colheres (sopa) de vinagre por dia são o suficiente para garantir todos esses benefícios. O ideal é consumi-lo nas refeições principais, na salada da entrada, como molho para as massas ou até acompanhando a sobremesa. “Quem preferir pode misturar uma colher (sopa) do vinagre em um copo de água e adoçar com uma colher (sopa) de mel. Puro ou diluído, o efeito é o mesmo”.

A receita funciona bem em substituição ao suco que acompanha as refeições. Só não vale exagerar! A dose diária do líquido deve ficar mesmo entre duas e três colheres (sopa), para evitar danos ao estômago, como azia e queimação. Quem tem gastrite ou úlcera deve evitar o consumo.

Por que faz bem?

 
É obtido do processo de fermentação da fruta. Por isso, preserva algumas substâncias contidas nela, tais como a pectina, fibra solúvel que facilita o processo de digestão e eliminação das toxinas do organismo. Também possui teores mais elevados de minerais e vitaminas em relação aos demais.

Como usar
É o menos ácido de todos os vinagres e tem sabor levemente adocicado. Ideal para saladas, vinagretes, molhos, conservas e sopas frias, como o gaspacho.

Veja este vídeo sobre o assunto:

Agora que você conhece um pouco mais sobre as qualidades desta fruta maravilhosa, nos deixe um comentário relatando sua opinião sobre este artigo…até o próximo encontro com a saúde.

 

Sobre o Autor

Você Bem Saudável

Leave a Comment

Médico Revela

Como se Livrar da Diabetes em 30 dias

Clique no Botão Abaixo e Comece
Agora seu Treinamento
Quero Ser Mais Saudável
Faça Parte desta Comunidade!!